BNA prevê reforço do acesso aos serviços financeiros de baixo custo

O BNA-Banco Nacional de Angola (BNA) prevê aprovar, em Novembro, a Visão do Sistema Nacional de Pagamento para o período 2023/2028, com vista ao reforço do acesso aos serviços financeiros de baixo valor, inclusão da tecnologia e inovação (fintech) e das startups. O anúncio foi feito pela directora do departamento do Sistema de Pagamentos do BNA, Cristina Caniço, durante a segunda reunião da CTDSPA-Comissão Técnica para o Desenvolvimento do Sistema de Pagamentos de Angola.

Em declarações à imprensa, a responsável clarificou que o Sistema Nacional de Pagamentos aborda questões relacionadas com a inovação e inclusão financeira e apresenta a criação de maiores inovações ao nível do laboratório do sistema de pagamentos de Angola e da Sand Box.

Deste modo, o documento advoga maior concorrência, viabilizando a possibilidade de se fazer pagamentos transfronteiriços na Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, numa primeira fase, e mais tarde abranger todo o continente africano.

Segundo Cristina Caniço, caso se conclua, o documento será discutido em sede do grupo técnico de estratégia e inovação para ser definitivamente aprovado em Novembro próximo. O estudo sobre esse sistema já está concluído, mas neste momento decorre a revisão de uma norma que está relacionada com os limites de valores no sistema de pagamentos para definir o custo de utilização.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Solverwp- WordPress Theme and Plugin