Governo promove concurso de licenciamento de importação de arroz para controlar gastos com divisas

O governo angolano está a realizar um concurso de licenciamento de importação de cerca de 270 mil toneladas de arroz até o dia 6 de maio. Esta iniciativa, segundo a Secretária de Estado do Comércio e Serviços, Augusta Fortes, visa controlar os gastos com divisas provenientes da importação deste cereal.

De acordo com Augusta Fortes, esta importação é necessária para suprir o défice na produção nacional, que está estimado em 91%. Atualmente, apenas 9% da procura de arroz em Angola é coberta pela produção interna.

Num encontro recente com empresários interessados em importar arroz, realizado na última sexta-feira, dia 26, a Secretária de Estado do Comércio reiterou a importância deste concurso para o equilíbrio do mercado. As licenças concedidas destinam-se à aquisição de arroz tailandês, de cor branca, embalado em sacos de 25 a 50 kg.

Esta medida é justificada pela necessidade de controlar os gastos com divisas, que têm sido significativos devido à dependência da importação de arroz. O governo espera que o concurso de licenciamento de importação contribua para garantir o abastecimento do mercado interno e reduzir a pressão sobre as reservas cambiais do país.

Com esta iniciativa, o Governo reafirma o seu compromisso em promover políticas que visam a estabilidade económica e o desenvolvimento sustentável de Angola.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Solverwp- WordPress Theme and Plugin