Falta de literacia financeira desacelera processo de inclusão financeira em Angola

A falta de literacia financeira foi apontada como um dos maiores desafios no que concerne à promoção e inclusão financeira no mercado angolano, afirmou ontem, 23 de Maio, Kátia Conceição, presidente do Conselho Executivo da Afrimoney, durante a sua intervenção no painel sobre “O Mobile Money como caminho para a promoção da inclusão financeira” da 1.ª edição do CEO Fórum Angola, promovido pela Líder Magazine.

Segundo a responsável, estes aspectos contribuem para os baixos níveis de introdução e abrangência do Mobile Money, bem como das demais soluções digitais e inovações tecnológicas.

“Há uma barreira criada sobretudo pela falta de educação tecnológica e literacia financeira, o que inviabiliza a aceleração do processo. Porém, em Angola não é caso isolado, Moçambique também passou por isso, e com as estratégias certas foi possível ultrapassar essas dificuldades e hoje afirma-se como um mercado promissor no que toca à inovação tecnológica e fintechs”, pontuou Kátia Conceição.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Solverwp- WordPress Theme and Plugin